segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Olá!

Você que sempre me acompanhou no blog, agora pode se manter informado sobre cultura, arte e entretenimento no Portal Cultura Agora.
É só acessar o link e ficar por dentro dos eventos:
www.culturaagora.com.br


Beijos,

Jaqueline Suzarte

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

sábado, 25 de outubro de 2014

I Encontro de Escritores de Jequié e Região acontece em novembro


A madrugada tem uma levada saborosa

Eis o que vejo 4h da manhã
Parece que é na madrugada que tudo se encaixa. A internet fica mais rápida, a música toca, o espírito fica mais leve e a mente mais reflexiva.

Não é brincadeira! Não sei quantas vezes escrevi saudando a madrugada, a sua atmosfera contagiosa, que me faz ficar por horas e horas conectada, acordada e sonhando com os olhos abertos. Fico com o faro mais aguçado, crítica, reflexiva, intensa e sentindo a vida se desenvolver.

Sempre fui coruja. Trocar a noite pelo dia é algo que domino fácil, apesar de gostar muito de dormir. Realmente gosto de dormir! Mas no silêncio da cidade, o meu ruído enquanto digito no notebook ou do meu balanço enquanto ouço uma música, fica muito mais sensível.

É nesta hora do dia que me sinto mais liberta. Sempre gostei de imaginar o que as pessoas estão fazendo... Olhar as luzes das casas, os sons distantes ou a quietude do momento. Enquanto eles dormem, se agitam, se animam, choram ou fervem, estou eu cá, rindo por dentro, curtindo uma música, falando com Deus ou como já disse, sonhando com os olhos abertos.

É claro que não é fácil enfrentar a madrugada acordada quando se está passando por um momento difícil. Insônia é terrível, mas não julgue que este seja o meu motivo de ficar acordada. É porque gosto mesmo. Aliás, não gosto do rótulo de que é preciso dormir cedo, mas sei que agora, nesta nova fase de trabalho, dormir cedo é uma necessidade. É ai que entra o equilíbrio de saber aproveitar bem os momentos e as horas.

Atualmente nem tenho rolado a madrugada acordada, ao contrário, tenho dormido bem cedinho. Só que em dias de folga, bom, em dias de folga acabo aproveitando.

Neste momento sinto o cheiro da madrugada como um perfume caro da França, pois o que provoca em mim, é um misto de sensações, que causa ousadia, reflexão e otimismo. Vou tentar nas folgas aproveitá-la como se estivesse comendo o doce mais gostoso da padaria.